Disciplinas


Grade Curricular > Mestrado > 2019.2
BIOPROSPECÇÃO E USO DE RECURSOS NATURAIS
  Código Componente Curricular Carga Horária  
Obrigatória PPGREN004 BIOPROSPECÇÃO 60h Biodiversidade. Metabolismo primário e secundário em plantas e microrganismos. Princípios ativos em plantas medicinais, aromáticas e extratos vegetais. Coleta, preparo e armazenamento de amostras. Obtenção de extratos e de óleos essenciais em pequena e larga escala. Caracterização química, fracionamento e purificação. Ensaios de seleção e triagem de atividade biológica: antimicrobiana - biautografia, concentração mínima inibitória e modo de ação antimicrobiano (bacteriostático, bactericida, esporocida); enzimática – amilase, protease, acetilcolinesterase, entre outras.

ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DE RECURSOS NATURAIS
  Código Componente Curricular Carga Horária  
Obrigatória PPGREN005 BIODIVERSIDADE E CONSERVAÇÃO 60h
Esta disciplina tem por objetivo discutir os seguintes tópicos: definição de Biologia da Conservação; Causas da perda da biodiversidade (p.ex.: fragmentação, espécies invasoras, mudanças climáticas); Ferramentas para a conservação de espécies, populações, comunidades e ecossistemas; Substitutos de biodiversidade (surrogate); Áreas prioritárias para conservação; Unidades de conservação; Políticas Públicas de conservação da biodiversidade.


COMUM AS OUTRAS ÁREAS
  Código Componente Curricular Carga Horária  
Obrigatória PPGREN00024 QUALIFICAÇÃO 0h Art. 52. O Pós-Graduando deverá submeter-se a exame de qualificação, de acordo com os critérios estabelecidos pelo Colegiado de Programa, que fixará os procedimentos e prazos para sua realização, respeitados as normas regimentais da Pós-Graduação da UNIR e apenas se: I – Tiver cumpridos todos vinte e quatro (24) créditos referentes a disciplinas e II – Ter projeto de pesquisa aprovado. Art. 53. O objetivo maior do exame de qualificação deverá ser a avaliação do candidato no desenvolvimento suficiente do trabalho em vista da dissertação na sua área de investigação. Art. 54. No exame de qualificação o Pós-Graduando será considerado apto ou não apto para a defesa final da dissertação, não havendo atribuição de conceito. Parágrafo 1º. Será considerado apto no exame de qualificação do mestrado, respectivamente, o pós-graduando que obtiver aprovação de todos os membros da comissão examinadora composta pelo orientador, que a preside, 2 (dois) membros titulares um suplente. Parágrafo 2º. O Pós-Graduando que for considerado não apto no exame de qualificação poderá repeti-lo apenas uma vez, num período que não exceda o tempo máximo do curso.
Obrigatória PPGREN00025 DEFESA DISSERTAÇÃO 0h DA DEFESA DA DISSERTAÇÃO Para conclusão do curso o acadêmico submeterá a atividade de contribuição científico acadêmica mediante o cumprimento: I – Dos créditos exigidos em disciplinas, vinte e quatro (24) créditos, e em publicações científicas cinco (5) créditos, II - Aprovação da defesa do projeto; III - Aptidão no exame de qualificação; IV - Defesa e aprovação de dissertação; V – Submissão ou publicação ou aceite de artigo científico em revista indexada com WEbQualis maior ou igual a B1. Os prazos máximos para a finalização destas atividades são: I- Defesa de projeto: 06 meses do início do curso; II- Exame de qualificação: 18 meses do início do curso; III- Defesa de Dissertação: 24 meses; IV: Publicação ou aceite de artigo: 30 meses. Os trabalhos de conclusão de curso serão julgados por Comissão Examinadora constituída de doutores aprovados pelo Colegiado e nomeados pelo Coordenador do PPGReN, sendo composta, para dissertação, pelo orientador, que a preside, dois membros titulares e um suplente. Na solicitação de comissões examinadoras cabe ao orientador encaminhar junto a secretaria do PPGReN: I- quatro (04) exemplares com antecedência mínima de trinta (30) dias para a data da defesa da dissertação do mestrado; Os trabalhos de conclusão serão redigidos exclusivamente em língua portuguesa. Dos candidatos ao título de mestre é exigida a aprovação de um trabalho de Dissertação, de sua autoria, elaborado sob a supervisão do seu professor orientador. Parágrafo 1o. Na sua dissertação, deve o candidato evidenciar sua atualização científica ou tecnológica, originalidade, criatividade e capacidade de sistematização no tema escolhido. Parágrafo 2º. Caso algum membro da comissão examinadora considere necessária a realização de uma reunião preliminar, deverá solicitá-la ao orientador do candidato até pelo menos cinco (5) dias úteis da data marcada para a defesa. A não manifestação de membros da banca será entendida como concordância para a defesa pública.
  PPGREN00026 ESTAGIO EM DOCÊNCIA 0h Estágio de docência em curso superior, com caráter articulador, desenvolvidos nas atividades de Estágio Docência é de quarenta (45) horas para o mestrado, conforme o Art. 18 do Regulamento da CAPES.
Obrigatória PPGREN00029 PRODUÇÃO DE TRABALHO DE CONCLUSÃO DE CURSO 225h Produção de Trabalho de Conclusão de Curso (dissertação)
Obrigatória PPGREN00030 PESQUISA I 0h Atividades de desenvolvimento do projeto de pesquisa.
Obrigatória PPGREN00031 PESQUISA II 0h Atividade de desenvolvimento do projeto de pesquisa
Obrigatória PPGREN00033 RESUMO PUBLICADO EM ANAIS DE EVENTOS 0h O discente de Metrado PPGReN, deverá participar de um evento científico e apresentar e publicar um resumo em anais de eventos. Componente obrigatório para integralização do curso.
Obrigatória PPGREN001 SEMINÁRIOS 15h Elaboração e apresentação por estudantes e professores de tópicos livres relacionados ao escopo do curso. Poderão ser computadas nesta disciplina a participação do discente, como ouvinte, em apresentações de defesa de dissertações ou teses, cujos temas sejam afins as áreas de concentração do PPGReN. O número de apresentações será igual ou inferior a 50% das apresentações previamente programadas pelo docente responsável pela disciplina.
Obrigatória PPGREN002 METODOLOGIA DE ELABORAÇÃO DE PROJETOS DE PESQUISA 60h Conceitos adequados sobre o processo de ciência, o método lógico para delineamento e elaboração de projetos de pesquisa e redação científica. Especificamente, pretende-se discutir os seguintes tópicos: 1. Tipos de conhecimento (popular, religião, filosofia, científico); 2. Bases filosóficas do método científico (Popper, Lakatos, Kuhn); 3. Método lógico de construção do conhecimento científico; 4. Estrutura do conhecimento científico: pressupostos, hipóteses, teorias e paradigmas; 5. Projeto de pesquisa: como fazer pesquisa de qualidade? Porquê e como organizar o raciocínio?; 6. Redação científica: estrutura e estilo do texto científico (como comunicar os resultados?); 7. Publicação científica: a crítica como um processo na ciência; 8.Exercitando o ego crítico: apresentação e revisão dos projetos de pesquisa.
Obrigatória PPGREN003 ESTATÍSTICA APLICADA À BIODIVERSIDADE 60h Objetivo desta disciplina é possibilitar ao aluno um domínio de métodos analíticos que os auxilie na elaboração e delineamento de projetos. Neste contexto, a disciplina abordará os seguintes testes estatísticos: teste t; teste t pareado; análise de variância simples, análise de variância fatorial, análise de variância de medidas repetidas; análise de covariância; Regressão linear simples; Regressão linear múltipla; teste de correlação; Qui-quadrado; Técnicas de ordenação e classificação.
  PPGREN006 TÓPICOS DE ANÁLISE QUÍMICA INSTRUMENTAL 45h Métodos analíticos instrumentais: Espectrometria, Cromatografia, Potenciometria. Preparação e coleta de amostras.
  PPGREN007 PURIFICAÇÃO DE BIOMOLÉCULAS 45h Processos de extração. Solubilidade de biomoléculas. Introdução aos processos de separação e purificação. Liofilização, fracionamento, precipitação diferencial, cristalização, centrifugação e ultra-filtração. Técnicas de cromatografia e eletroforese.
  PPGREN008 MANEJO E CONSERVAÇÃO DO SOLO E DA ÁGUA EM ECOSSISTEMAS AMAZÔNICOS 45h Histórico do manejo dos solos em Rondônia e na Região Amazônica, Conceitos e princípios fundamentais em Manejo e conservação do solo; Sistemas de manejo do solo; Sistema Plantio Direto (SPD) na Amazônia; Manejo do solo em área de pastagens degradadas; Hidrologia aplicada à conservação do solo e da água; Mecânica da erosão hídrica dos solos; Práticas conservacionistas sustentáveis em Agroecossistemas Amazônicos; Manejo da água em Agroecossistemas Amazônicos; Estudo de caso em controle da erosão e conservação dos solos; Métodos de pesquisa em erosão do solo.
  PPGREN009 MANEJO DE RECURSOS NATURAIS 45h Conceitos básicos e terminologia em recursos naturais; Conservação da biodiversidade e recursos naturais - Convenção da Biodiversidade; Florestas Tropicais: Diversidade de espécies, e uso múltiplo de recursos florestais. Código Florestal: restauração de APP e recuperação de ARL; Manejo Sustentável dos Recursos Florestais; manejo e conservação da ictiofauna.
  PPGREN010 INTRODUÇÃO À PRIMATOLOGIA 45h Compreender aspectos da biologia, filosistemática, ecologia e comportamento da Ordem Primates, com ênfase nos Primatas Amazônicos. Abordar os principais métodos de estudos com primatas; Estudos comportamentais com primatas; Apresentar informações sobre as ferramentas básicas para a formulação de projetos de pesquisa na área da Primatologia com ênfase conservacionista.
  PPGREN011 GENÉTICA DE POPULAÇÕES 45h Introdução à Genética de Populações; Frequências genotípicas e gênicas de populações; Análise genética de populações usando marcadores moleculares; Equilíbrio de Hardy-Weinberg e equilíbrio de ligação; Sistemas reprodutivos e de cruzamento; Equilíbrio de Wright e deriva genética; Estatísticas-F de Wright; Parentesco e endogamia; Tamanho efetivo populacional; Forças que alteram a estrutura genética: Fluxo gênico, Mutação e Seleção.
  PPGREN012 GENÉTICA DA CONSERVAÇÃO 45h Integração conceitual da Genética, conservação e biodiversidade. Diversidade genética. Genética evolutiva de populações naturais. Métodos e técnicas de análises genéticas moleculares. Consequências genéticas do tamanho populacional pequeno. Genética e extinção. Resolução de incertezas taxonômicas e definição de unidades de manejo. Manejo genético de espécies ameaçadas. Genética da conservação na biodiversidade brasileira.
  PPGREN013 FERTILIDADE DO SOLO EM AMBIENTE AMAZÔNICO 45h Conceitos de Fertilidade do Solo; Constituintes minerais do solo: complexo coloidal do Solo; Reação do Solo; Disponibilidade dos macro e micronutrientes; Constituintes orgânicos do solo; Reações de oxi-redução no solo e suas influências sobre propriedades e disponibilidade de nutrientes no solo; Amostragem, análise do solo e interpretação de resultados para fins de fertilidade e adubação em solo amazônico; Interação entre nutrientes e solo; Experimentação com plantas; Acidez e calagem; Estudos dos ânions e cátions no solo; Outros elementos químicos; Fertilidade do sub-solo, Correção de deficiências, economia de uso de fertilizantes e corretivos; Relação entre a fertilidade do solo e as propriedades físicas, químicas e biológicas do solo amazônico.
  PPGREN014 ETNOBIOLOGIA E ETNOECOLOGIA 45h Modalidades do conhecimento humano sobre a natureza Traços principais do conhecimento tradicional ou local A matriz de conhecimento tradicional A etnoecologia como análise do complexo “kosmos-corpus-praxis” O corpus tradicional, o conjunto de conhecimentos e seu significado prático Implicações epistemológicas, culturais e políticas da etnoecologia Métodos utilizados em Etnobiologia e Etnoecologia Principais abordagens etnobiológicas Saberes Tradicionais e Biodiversidade no Brasil Etnobiologia e conservação da agrobiodiversidade.
  PPGREN015 ECOLOGIA E CONSERVAÇÃO DA AMAZÔNIA 45h A proposta desta disciplina tem por objetivo discutir os seguintes tópicos: diversidade da fauna e flora da Amazônia; As fitofisionomias Amazônicas e seus gradientes; Ecologia e a interferência antrópica naFloresta Amazônica; Unidades de conservação e espécies ameaçadas.
  PPGREN016 ECOFISIOLOGIA DE PLANTAS AMAZÔNICAS 45h Caracterização do ambiente das plantas. A planta no ecossistema. Radiação no ecossistema. A regulação do crescimento vegetal; a sazonalidade do crescimento e do desenvolvimento. Utilização e ciclagem dos elementos minerais. Água na planta e no ecossistema. Interação entre plantas: competição. A planta sob estresse. Conceitos em fisiologia do estresse. Resposta de plantas a estresse abióticos.
  PPGREN017 DINÂMICA E ESTRUTURA DA VEGETAÇÃO EM FLORESTAS AMAZÔNICAS. 45h Conceitos fundamentais de ecologia. Níveis de organização biológica e suas propriedades emergentes. Fatores ecológicos e produtividade. Padrões e processos ecológicos e fundamentos de ecossistemas e agroecossistemas. Descrição de universos amostrais, distribuições teóricas e empíricas de frequências, probabilidade, estimativas. Otimização da amostragem dependente de objetivos. Medidas de semelhança para comparações de amostras e de variáveis. Exploração de dados multidimensionais, ordenação, análise de agrupamentos. Testes de hipóteses, inferência probabilística através de testes de permutação. Comparações probabilísticas entre amostras, entre variáveis, delineamentos experimentais, análise da variância multivariada.
  PPGREN018 CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE BIOMOLÉCULAS 45h Caracterizacao de peptídeos e proteínas por eletroforese em gel e capilar, cromatografia, Ultracentrifugação, ultrafiltração, Espectroscopia ( visível, ultra-violeta, infravermelho, fluorescência) eletrofocalização, sequenciamento de Edman, dicroismo circular, ressonância magnética nuclear, difração de raios X, fluorescência e ferramentas de bioinformática
  PPGREN019 BIOPROSPECÇÃO DE MOLÉCULAS INSETICIDAS PARA MOSQUITOS 45h Histórico do uso de inseticidas para o controle químico de mosquitos; natureza dos inseticidas; principais efeitos fisiológicos no organismo alvo; métodos para avaliação de inseticidas contra mosquitos; perspectivas para o controle químico de mosquitos.
  PPGREN020 BIOINDICADORES DE IMPACTO AMBIENTAL 45h Poluição ambiental; Ingresso, distribuição e destino dos poluentes no ambiente; Aspectos gerais do biomonitoramento ambiental; Bioindicadores e relações ecossistêmicas; Respostas moleculares, bioquímicas, fisiológicas e anatômicas de espécies bioindicadoras às alterações ambientais; Estratégias de adaptação dos organismos; Biomarcadores de estresse; Seleção e validação de bioindicadores de poluentes atmosféricos, aquáticos e do solo; Biorremediação e fitorremediação de ambientes contaminados; Estudos de caso.
  PPGREN021 BIOFÍSICA MOLECULAR 45h Propriedades físico-química de aminoácidos e sua influência na estrutura, função e enovelamento de proteínas; Conformações não nativas de proteínas; Principais classes estruturais de proteínas e famílias de proteínas homólogas; Interações intramoleculares e intermoleculares em proteínas; Propriedades de proteínas em solução; Termodinâmica das interações proteína-ligante e estabilidade de proteínas; Técnicas de estudo das proteínas.
  PPGREN022 BIOFÍSICA AMBIENTAL 45h Ementa: A Biofísica Ambiental é uma área interdisciplinar do conhecimento em que se estuda, a nível microscópico e macroscópico, os fenômenos físicos que dizem respeito à interface HomemAmbiente. Nesta disciplina se abordará conceitos dos aspectos físicos, dos efeitos mecânicos, térmicos e eletromagnéticos; caracterização de fontes potenciais na contaminação ambiental; desenho amostral e processos de amostragem de matrizes biológicas e não biológicas; dinâmica físico-química de poluentes orgânicos e inorgânicos; métodos de quantificação; cadeias tróficas; traçadores radioativos e toxicologia ambiental.
  PPGREN023 TÓPICOS ESPECIAIS 45h Disciplina de oferecimento não regular, ministrada por professores visitantes ou da própria Instituição, concentrada ou não. Conteúdo variável abrangendo temas importantes para a formação global do estudante, não abordados nas disciplinas regulares oferecidas.